Emails de eventos: 6 dicas para criar o texto perfeito

emails de eventos

O email marketing é uma das mais eficazes estratégias de comunicação no mundo dos eventos.

Hoje, quero te ensinar a escrever emails de eventos do jeito certo para conquistar um bom público!

Emails de eventos: como funciona?

O email marketing funciona como uma estratégia de comunicação personalizada entre uma empresa e seu cliente.

No caso dos eventos acadêmicos e científicos, entre a organização e os participantes.

–> Descubra, em 7 motivos, por que o email marketing é a estratégia perfeita para aprimorar a comunicação do seu evento. 

Por isso, saber escrever emails de eventos do jeito certo faz toda diferença.

O conteúdo disparado precisa ter uma linguagem adequada, que chame a atenção do seu público.

Com 6 dicas, vamos te ensinar a escrever o email de eventos perfeito para o seu evento.

6 dicas poderosas de escrita para emails de eventos

1. Trate o participante pelo nome

No email marketing, nós trabalhamos com pessoalidade e exclusividade!

Isso porque, ao mandar um email, você está falando com uma única pessoa e chamá-la pelo nome faz com que o usuário se sinta valorizado.

Humanize o seu evento, mostre que a organização se importa com o participante e que ele agregará valor ao evento.

2. Invista em Call to Actions (CTA)

No email de eventos, invista bastante em call to actions.

Não sabe o que são Call to Actions? Calma, que vamos te explicar!  

Os CTAs são “chamadas para a ação”, ou seja, são botões que levam os usuários a realizarem uma ação.

Eles orientam qual o próximo passo a ser tomado pelo usuário, que, após o clique, é direcionado a uma landing page.

No mundo dos eventos, as landing pages poderiam ser páginas com as informações resumidas do evento e com opção de download da programação.

Além disso, você pode direcioná-los a uma página para compra de entradas para o seu evento. O importante é convencer o usuário a realizar uma ação.

Nos CTAs, o ideal é que você use verbos no imperativo, que condicionem e “convidem” a pessoa a  tomar aquela ação.

“Compre aqui”, “saiba mais!” e “Gostou? Baixe aqui” são alguns exemplos de Call to Actions perfeitos para emails de eventos. 

3. Invista em um design clean

Você pode ter um conteúdo excelente, escrito da melhor forma possível, mas se o design e a disposição dos elementos gráficos e textuais não estiverem legais, o participante não será atraído para leitura e não clicará nos Call to Actions.

Um design organizado faz toda a diferença nos emails de eventos!

Investir em um design clean, evitando o excesso de informações é a pedida certa! Valorize a sua marca, mas não encha o e-mail com informações desnecessárias.

Um layout leve faz com que o usuário se localize e navegue com mais facilidade na página.

Coloque os botões Call to Actions em uma posição de destaque! Use cores chamativas e coloque-os mais isolado do restante do conteúdo.

4. Menos é mais

As pessoas costumam receber uma grande quantidade de emails por dia e, cá para nós, a vida é uma correria e nem sempre temos tempo de abrir e ler cada email que recebemos na nossa caixa de entrada.

Como, então, fazer com que o conteúdo do seu evento se destaque e seja lido?

Invista em textos curtos e diretos! Não enrole o participante! Se ele, de fato, tiver interesse pelo seu conteúdo, irá clicar no Call to Action para obter informações mais completas sobre o seu evento.

5. Planejamento e periodicidade

Planeje os conteúdos e estabeleça uma periodicidade de envios. Para saber os melhores horários para disparo dos conteúdos, faça testes!

Programe alguns conteúdos para manhã, tarde e noite e, ao analisar as métricas, veja em qual horário a taxa de abertura foi maior.

Assim, você saberá a hora certa de enviar o material do seu evento.

6. Peça feedbacks

Para estar sempre aprimorando o conteúdo dos emails de eventos e também do seu evento, é importante saber o que o seu público pensa! Por isso, peça feedbacks.

–> Descubra aqui as melhores dicas para obter feedbacks dos participantes do seu evento.

#DicaBônus: Melhore a taxa de abertura dos seus emails!

Se ao analisar as métricas você notar que a taxa de abertura dos e-mails está baixa, você pode usar a seguinte estratégia:

Envie o mesmo conteúdo, mas com o campo “assunto” de maneira diferente, assim como a primeira linha do texto (já que ela aparece no preview do e-mail).

O que acontece é que nem sempre as pessoas se sentem atraídas pelo que veem no assunto e acabam sem clicar.

Se viu que a primeira opção não funcionou, elabore outra que chame mais atenção para aquele cliente/participante específico que não abriu o primeiro e-mail!

checklist para eventos acadêmicos

 

Comentários

comments

RECEBA Nossas Novidades

Comments