Currículo Lattes: o que é e dicas valiosas para criar o seu

o que é lattes

Sempre associamos currículo ao mercado de trabalho. Mas você sabia que também existem currículos específicos para a área acadêmica? No Brasil, o mais tradicional deles é o currículo Lattes.

Considerado o modelo nacional de registro da vida acadêmica de pesquisadores e estudantes brasileiros, ele é comumente requisitado por universidades e instituições de apoio à pesquisa científica.

Neste artigo, você irá aprender:

Muita gente pensa que Currículo Lattes e Plataforma Lattes significam a mesma coisa, mas não.

A Plataforma Lattes é um ambiente virtual criado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, o CNPq. 

Ela tem o objetivo de integrar, em um único sistema, as bases de dados de currículos, grupos de pesquisas e de instituições de todo o país.

A Plataforma disponibiliza, além dos currículos, dados e estatísticas da produção científica no Brasil por região, instituição, sexo e idade, por exemplo.

→ Você conhece o perfil dos mestres e doutores do Brasil? Analisamos os dados do CNPq e descobrimos informações impressionantes sobre a produção científica do país.

Além disso, a plataforma divulga informações valiosíssimas sobre programas de incentivo à pesquisa, como bolsas, auxílios e prêmios.

É um canal que não pode deixar de ser visitado por pesquisadores que precisam estar atentos sobre o que acontece no mundo científico.

Já o Currículo Lattes foi a forma encontrada, por essa plataforma, de padronizar nacionalmente o registro de todo o ciclo de vida acadêmico de estudantes e pesquisadores do Brasil.

Ele surgiu em 1999 e, até hoje, é o meio utilizado por quem deseja ingressar ou crescer na área acadêmica.

Ou seja, principalmente por aqueles que participam de programas de iniciação científica e tecnologia, bolsas de estudo, grupos de pesquisa e eventos.

Curiosidade

Você sabia que o Currículo Lattes recebeu esse nome em homenagem ao físico brasileiro Césare Mansueto Giulio Lattes?

Césare Lattes foi um dos responsáveis por desenvolver pesquisas que contribuíram significativamente para o avanço da ciência em relação à estrutura atômica.

Pense no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, o CNPq, como algo maior que a Plataforma Lattes (e consequentemente que o currículo, né?).

Ele, segundo o próprio site, é uma agência que pertence ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Tem como principais atribuições fomentar a pesquisa científica e tecnológica e incentivar a formação de pesquisadores brasileiros.

Entre as suas competências, por exemplo, está a de promover acordos, convênios e intercâmbios entre entidades públicas e privadas, nacionais e internacionais. Além disso, presta assistência na compra de equipamentos para atividades de pesquisa.

Em suma, sem o CNPq, nem a Plataforma Lattes nem o Currículo Lattes funcionam. O CNPq é, portanto, a agência que os sustenta.

O Currículo Lattes é ideal para os estudantes e pesquisadores que desejam seguir carreira acadêmica ou que estão participando de atividades na área.

Ele não deve ser utilizado se você está procurando um emprego como assistente de Marketing, por exemplo.

Porém, se o emprego for como professor ou a área de atuação for a educacional, a própria empresa pode solicitar o seu Lattes.

Conheça algumas vantagens de ter um Currículo Lattes (bem preenchido e, principalmente, atualizado!):

Abrangência

O Lattes tem abrangência nacional. Isso significa que ele é adotado por instituições de ensino de todo o Brasil.

Sendo assim, você não precisa preencher 500 modelos distintos de currículos. Basta ter os mais comuns: o Lattes (para situações acadêmicas) e o vitae (para situações profissionais).

Registro de participação em eventos

Os eventos são o local ideal para trocar experiências, ficar a par de tudo o que acontece no mercado, adquirir conhecimentos e conhecer pessoas.

Além disso, servem para conquistar horas complementares na faculdade e são valiosíssimos para o currículo Lattes.

Por isso, não perca tempo: encontre agora um evento perto de você.

No currículo Lattes, é possível inserir todos os eventos que você participou durante a sua vida acadêmica, seja como ouvinte, apresentando pôsteres ou trabalhos.

→ Descubra agora como registrar no Lattes um trabalho publicado nos anais de um evento

Registro de todas as suas produções acadêmicas

Resumos, resenhas, teses, dissertações, artigos, pôsteres… Toda publicação de caráter acadêmico produzida por você pode (e deve!) ser inserida no seu curriculum. Compile tudo e agregue valor a ele.

Quero um ebook com dicas para escrever artigos científicos!

Não se esqueça de adicionar os identificadores ISSN, ISBN e DOI, caso as publicações possuam, viu? Isso confere ainda mais credibilidade a elas.

→ ISSN, ISBN ou DOI: como emitir o identificador certo para as minhas publicações?

Tradução das informações para o inglês

Após atualizar e enviar as informações do Lattes, é possível imprimir o currículo tanto em Português como em Inglês.

Consulta online em qualquer lugar do mundo

Depois de enviar as suas informações para a base de dados da Plataforma Lattes, o seu currículo poderá ser acessado por qualquer pessoa, de qualquer lugar do planeta.

Embora a Plataforma Lattes seja nacional, nada impede que uma pessoa dos Estados Unidos, por exemplo, tenha acesso ao seu currículo.

Duas opções de formatação das referências bibliográficas

A plataforma Lattes disponibiliza duas formas de formatação da produção bibliográfica do currículo. A primeira segue as regras da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e a segunda, segue o padrão de Chicago (autor-data).

Impressão personalizada

Caso você precise imprimir seu currículo, a plataforma possibilita que você escolha os campos do currículo que devem aparecer na impressão.

Com isso, você consegue escolher se quer um currículo com cores e elementos gráficos ou não.

Ou ainda um que considere as produções a partir de um período específico, por exemplo.

O currículo Lattes é extremamente detalhado. Além de informações pessoais básicas, como nome, identidade e filiação, faz-se necessário especificar a formação acadêmica e a atividade de trabalho desempenhada, por exemplo.

Veja algumas das informações solicitadas (atenção: nem todas são obrigatórias):

  • dados pessoais;
  • formação acadêmica;
  • idiomas e competências na fala, escrita e leitura;
  • área de produção científica;
  • artigos publicados;
  • projetos de pesquisa ou de extensão que tenha desenvolvido;
  • grupos de pesquisa que participe ou tenha participado;
  • bancas que tenha participado (como de trabalhos de conclusão).

Vem novidade por aí

No dia 19 de março de 2019, o CNPq aprovou a inclusão da data de nascimento e de adoção de filhos ao currículo.

Segundo a Diretora de Engenharias, Ciências Exatas, Humanas e Sociais do CNPq, Profa. Adriana Tonini, responsável pela proposta, a medida representa um importante passo para analisar “o impacto do nascimento ou adoção de filhos na produtividade e na carreira de mães e pais cientistas”. (Fonte: CNPq)

Embora ainda não tenha sido implementada, a medida deve estar disponível nos próximos meses.

Deve-se enfatizar que o campo terá caráter facultativo e não aparecerá nas pesquisas públicas dos currículos.

Se você ainda não tem o currículo Lattes e precisa (ou quer) cadastrar o seu, é bastante simples. Basta seguir estes passos:

  • Entre em http://lattes.cnpq.br
  • Clique “Cadastrar novo currículo”.criar novo cadastro na plataforma
  • Preencha os dados básicos de cadastro e crie uma senha.preencha dados cadastrais na plataforma lattes
  • Preencha os dados relativos às informações pessoais, mas ATENÇÃO: Os dados devem ser iguais aos registrados na Receita Federal.inserir dados pessoais
  • Informe um endereço que pode ser residencial ou profissional. Caso opte pelo residencial, não será necessário o preenchimento do campo “Instituição”.preencher campo endereço na plataforma lattes
  • Informe sua formação acadêmica já concluída e a formação acadêmica em andamento.
    Exemplo: Se você está fazendo um curso de graduação (formação acadêmica em andamento), informe que concluiu o Ensino Médio.inserir formação acadêmica
  • Você trabalha? Se sim, coloque todos os dados relativos à empresa ou à instituição onde trabalha.inserir atuação profissional
  • Preencha os dados referentes à sua área de atuação (Jornalismo, Engenharia, Medicina, etc.) e às habilidades linguísticas (de acordo com o seu nível de compreensão).preencher área de atuação no lattes
  • Pronto! Submeta o seu currículo Lattes.

Dentro de um prazo de 24 horas, seu currículo estará na plataforma Lattes e, sendo assim, poderá ser encontrado por qualquer acadêmico do planeta.

Quando já cadastrado na plataforma, na tela inicial, clique na opção “atualizar”.

como atualizar currículo

Nela, você poderá fornecer informações ainda mais detalhadas sobre a sua carreira acadêmica e profissional. Ou sempre que surgirem novos trabalhos, você pode atualizar seu currículo.

Veja alguns exemplos de informações detalhadas que podem ser adicionadas sempre que necessário:

  • Participação em eventos, congressos, exposições, feiras e olimpíadas
  • Apresentações de trabalhos ou palestra
  • Artigos publicados
  • Entrevistas
  • Mesas-redondas
  • Projetos de extensão
  • Redes sociais, blogs
  • Textos em jornais ou revista
  • Trabalhos técnicos
  • Participação em bancas de trabalhos de conclusão ou em mesas julgadoras

Para encontrar o currículo de terceiros e descobrir mais detalhes sobre as produções acadêmicas deles, também é muito simples.

Basta entrar no site: http://lattes.cnpq.br/ e procurar a opção “buscar currículo”, que fica do lado direito da tela.

como encontrar currículos usando a plataforma lattes

Você pode filtrar os resultados por nome do autor ou assunto (título ou palavra-chave) da produção.

Essa busca pode ser feita nas bases de doutores ou de demais pesquisadores (Mestres, Graduados, Estudantes, Técnicos, etc.) e por nacionalidade (brasileira ou estrangeira).

Para refinar ainda mais a pesquisa, é possível utilizar filtros. Eles consideram critérios como a atuação profissional do pesquisador e a sua titulação ou, ainda, se ele é bolsista do CNPq.

Currículo Lattes e Currículo Vitae: você sabe a diferença entre eles?

A expressão curriculum vitae vem do latim e significa “trajetória da vida”.

O currículo vitae oferece um resumo de suas experiências e qualificações profissionais e acadêmicas, destacando seus objetivos e aptidões.

Este tipo de currículo não possui um formato oficial ou padrão, embora haja uma tendência na ordem e no tipo de tópicos abordados.

Funciona como um “cartão de visita” do candidato.

Já o currículo Lattes, além de ser mais detalhado, possui um formato padrão e é gerado por meio de uma plataforma: a Plataforma Lattes.

O currículo Lattes é amplamente utilizado por universidades, centros de pesquisa e instituições que trabalham com pesquisa de iniciação científica e de tecnologia.

Ele garante uma maior visibilidade ao aluno, professor ou pesquisador, uma vez que atinge um âmbito nacional.

Detalhe, ao máximo, as informações do seu currículo, evitando erros de ortografia, regência e concordância.

E não se esqueça: um currículo bem feito pode ser a sua porta de entrada para grandes trabalhos ou pesquisas!

publicações even3

 

RECEBA Nossas Novidades

Comments