Entenda de vez a diferença entre resumo, resenha e fichamento

gêneros acadêmicos

Gêneros Acadêmicos

Os gêneros acadêmicos são produzidos no ambiente das universidades e visam facilitar a comunicação entre alunos, professores e pesquisadores.

Possuem diferentes propósitos: pesquisa científica, relatório de atividades de aula, resumo de obras e outros gêneros textuais.

Vale salientar que há professores que adotam o estudo e a produção dos gêneros acadêmicos ainda na escola (níveis fundamental e médio), facilitando a vida dos alunos ao ingressarem na faculdade!

Qual a diferença entre resumo, resenha e fichamento?

Resumo

O resumo consiste em uma síntese objetiva do conteúdo a ser apresentado.

Destacam-se os principais temas de um livro, filme ou documento, por exemplo, a fim de que o leitor julgue, antecipadamente, se o assunto é relevante ou não.

Além das informações básicas, o resumo não deve apresentar conteúdo adicional.

Uma técnica bastante utilizada para a produção de bons resumos é a de sumarização, que consiste em um processo mental para seleção dos dados e das informações mais importantes contidas em um texto.

De acordo com Ana Maria Machado, em seu livro “Resumo”, há pelo menos sete estratégias básicas de sumarização:

  1. Apagamento de conteúdos facilmente inferíveis a partir  do conhecimento de  mundo.
  2. Apagamento de  sequências de  expressões que indicam sinonímia ou explicação.
  3. Apagamento de exemplos.
  4. Apagamento das  justificativas de  uma  afirmação.
  5. Apagamento de  argumentos contra a posição do autor.
  6. Reformulação das  informações, utilizando termos  mais genéricos.
  7. Conservação de  todas as  informações,  dado que elas  não são resumíveis.

Outro tipo de resumo presente no meio acadêmico-científico é aquele se apresenta nos projetos de pesquisa, conhecido como resumo técnico-científico, o qual muitas vezes é solicitado na universidade.

Possuem características distintas como, por exemplo, uma apresentação concisa do assunto abordado em uma obra de caráter científico, na qual são extraídas as principais ideias do texto, os objetivos, metodologia utilizada e conclusões esperadas.

Resenha

As resenhas costumam apresentar e divulgar obras novas (livros, filmes, e conteúdos semelhantes), são diferentes do resumo por possuírem em sua estrutura uma análise crítica, seja no último parágrafo ou ao decorrer do texto.

Possuem algumas características básicas:

  1. Identificação da obra: nome, autor, ano de publicação, resumo da carreira do autor/produtor.
  2. Descrição do conteúdo e síntese dos aspectos mais relevantes da obra.
  3. Análise crítica, para as resenhas críticas, da obra a partir do ponto de vista do resenhista, que passa a emitir uma opinião. Costuma destacar o valor social da obra, o contexto de produção, estética, etc.

Fichamento

O fichamento é um método de registro e armazenamento de informações que, por meio de fichas, facilita o acesso a diversos conteúdos sobre o assunto a ser pesquisado.

No fichamento, deve-se registrar a identificação completa da obra (nome, autor, editora, ano de publicação, local de publicação, edição), além de uma síntese (resumo) com os principais conteúdos ou temas do texto.

Existem três tipos clássicos de fichamentos:

1 – Fichamento de conteúdo: Destaca a ideia-base do autor da obra e suas justificativas sobre o tema.

2- Fichamento Bibliográfico: Além da síntese, também deve ser feita uma análise descritiva da obra.

3 – Fichamento de citações: Registra citações da obra. As citações devem ser transcritas tal qual o conteúdo original e devem estar entre aspas.

O Fichamento também pode ser aliado na hora de escrever um artigo científico.

Algumas indicações de livros:

  • MACHADO, A.R.; LOUSADA, E. ; ABREU-TARDELLI, L. S. RESENHA. São Paulo: Parábola, 2004.
  • MACHADO, A.R.; LOUSADA, E. ; ABREU-TARDELLI, L. S. RESUMO. São Paulo: Parábola, 2008.
Plataforma para organização de eventos acadêmicos e científicos Even3
RECEBA Nossas Novidades