DOI para artigos científicos

5 motivos para garantir um DOI para artigo científico

Para os autores que desejam publicar um artigo científico, o DOI é muito importante e eu vou te explicar o porquê! 

No dia a dia encontramos diversas pessoas com o mesmo nome, mas já imaginou se não tivesse nada que as particularizasse como um CPF? 

Seria uma bagunça, não é? 

A mesma coisa foi vista pelos trabalhos acadêmicos, já que o mundo digital trouxe a oportunidade de mais pessoas disseminarem e produzirem conteúdo

A partir dessa ideia, nasceram os identificadores

Neste material, você vai entender sobre: 

Entre os identificadores para trabalhos científicos e acadêmicos, temos o ISBN e o ISSN, mas o mais recente é o DOI, voltado para categorizar os materiais digitais. 

O ISBN, Número Padrão Internacional de Livro, é uma numeração que identifica e individualiza os livros e outras publicações, facilitando o compartilhamento de informações das obras em vários locais do planeta.

O ISSN, Número de Publicação Seriada, é voltado para a classificação de publicações recorrentes, como periódicos

Já o DOI, Digital Object Identifier ou Identificador de Objeto Digital, é um código, ou seja, um conjunto de números e letras que sinalizam a identidade de um conteúdo publicado, seja ele um artigo, tese, revista, livros ou qualquer outro de cunho científico ou acadêmico no meio virtual. 

O DOI não é obrigatório para todos os artigos, mas é essencial para diversos fatores discutidos ao longo do texto.

O DOI de um artigo científico pode mudar? 

Uma pergunta muito frequente para quem deseja depositar um DOI é se há a possibilidade de mudá-lo após a compra.

O DOI não muda. Mesmo que algo aconteça com o site onde o seu trabalho está hospedado, ainda é possível ter acesso ao arquivo pela url que é gerada pelo identificador.

Entre as vantagens dele, temos a possibilidade de emiti-lo também para um trabalho em construção.

Por exemplo, antes de publicar uma versão final do seu trabalho, alguns pesquisadores utilizam o formato de preprint para receber feedbacks da comunidade científica.

Nesse caso em específico, quando o artigo é finalizado e publicado, o autor deverá solicitar um novo DOI.

Ou seja, não foi o DOI que mudou, mas, como o formato foi de preprint para artigo, o autor publicou um novo trabalho e, por isso, precisa de uma nova emissão.

-> Aqui você pode conferir na íntegra mais detalhes sobre o DOI

Mas vamos entender os benefícios? Após conhecê-los, tenho a certeza que você vai querer emitir um DOI! 

1. Mais acessos ao seu trabalho 

Não adianta, a publicação na internet é a melhor forma de disseminar o seu conteúdo para mais pessoas, seja por meio de portais acadêmicos, editoras ou plataformas de publicações. 

Ao adquirir um DOI, você poderá compartilhar o seu conteúdo sem medo de ser feliz! 

Isso acontece porque os pesquisadores podem acessar com maior facilidade, utilizando o link permanente que é gerado para o documento, e também pelas referências bibliográficas de outros trabalhos. 

Ou seja, tudo é feito com apenas um clique! 

-> Conheça diferentes formas de divulgar o seu artigo científico.

2. Cumpra as exigências de seleções

Você sabia que tanto artigos científicos, como periódicos de renome normalmente precisam de um DOI?

No caso dos artigos, ele é um diferencial para publicar em revistas científicas, conhecidas também como periódicos. Algumas pedem o identificador na hora da submissão.

Sendo assim, caso seja necessário, é importante você já ter em mãos o DOI, facilitando todo o processo de seleção.

-> O que é periódico: tudo para publicar em revista científica. 

Aliás, você já deve imaginar o motivo que os periódicos de renome costumam ter essa solicitação, não é?

Além de individualizar o seu trabalho, revistas com identificadores são mais valorizadas no meio acadêmico por passarem credibilidade de uma fonte confiável para outros pesquisadores.

Ainda, com um DOI, outros cientistas poderão encontrar a sua pesquisa entre milhares de outras publicações e compartilhá-la entre a comunidade com mais facilidade.

Por esse motivo também, algumas bases de indexação só hospedam revistas científicas com identificadores, como o Web of Science e a Scopus, que exigem o ISSN.

Então, se você também possui uma revista científica, publicá-la com regularidade e ter identificadores é essencial!

GARANTA SEU ISSN

3. Segurança e autenticidade 

Um dos pontos mais importantes em optar por um DOI para o seu artigo científico é a segurança que o trabalho ganha.

Isso porque, obviamente, o plágio no meio acadêmico é bastante repudiado, seja a cópia em qualquer nível, parcial ou integral, de um conteúdo já existente.

Sendo assim, o DOI tornará o seu conteúdo autêntico e oficial, além de diferenciar de outros trabalhos com o mesmo tema.

Por isso, com o identificador, o pesquisador terá uma maior garantia autoral, auxiliando na proteção contra o plágio e certificando os direitos vinculados à produção. 

4. Credibilidade que gera oportunidades internacionais 

Além dos já citados, um grande impacto do DOI em artigos é que ele dá base internacional para o trabalho, gerando notoriedade para o que foi produzido. 

Com ele, você terá a oportunidade de participar de seleções, aumentar as chances na avaliação para revistas científicas ou periódicos, na aceitação no meio científico, nos concursos públicos e nas seleções de bolsas

Dessa maneira, um simples número pode te trazer diversas possibilidades de alavancar a sua jornada científica e acadêmica. 

E você não quer ficar de fora, não é? 

5. Peso no Currículo Lattes 

Preencher o Currículo Lattes com materiais bem avaliados e prestigiados é importante para todo acadêmico e pesquisador. 

Dessa maneira, ao garantir um DOI para o seu seu artigo científico, você terá ainda mais valorização acadêmica

Lembre-se que um dos principais objetivos do mundo acadêmico e científico é impulsionar a produção de projetos e o crescimento da carreira de pesquisadores, estudantes e cientistas.

Então quanto mais você investir e mostrar que o seu trabalho tem propriedade, ele será mais valorizado no meio. 

Com esse pensamento, a Plataforma Lattes disponibiliza dados e estatísticas da produção científica no Brasil e abre espaço para você construir o seu próprio currículo, perpetuando as suas produções e mostrando a sua potência como autor

Sendo assim, com o indexador, as pessoas terão uma maior facilidade de acessar o seu material.

Já que você já conhece todos os benefícios, que tal ir correndo garantir o seu? 

Te adianto que existem várias maneiras de conseguir o DOI de forma simples, rápida e com baixo custo. 

Entre as opções, temos plataformas como a Even3 Publicações, que proporcionam todos os serviços para o lançamento do seu trabalho com mais autoridade e visibilidade

OBTENHA O SEU DOI AGORA

Além disso, você pode explorar a nossa base e descobrir as diversas funcionalidades para alavancar a sua produção no mundo acadêmico e científico. Clique no banner e confira! 

Conheça a Even3 Publicações

Segredos e dicas sobre o mundo de eventos técnicos-científicos

Junte-se a milhares de pessoas que organizam e participam de eventos acadêmicos e científicos